+ - L T

Notícias

Psicoterapia

04/09/2018




Pesquisa avalia atitudes corretivas em relação a populações LGB  

O programa de Mestrado em Psicologia da PUCRS está compartilhando o questionário online para a pesquisa “Atitudes corretivas em relação a pacientes lésbicas, gays e bissexuais (LGB) – Avaliação dos Profissionais da Psicologia do Estado do Rio Grande do Sul”, desenvolvida pelo psicólogo Jean Ícaro Pujo Vezzosi.

O trabalho, vinculado ao grupo de pesquisa “Preconceito, Vulnerabilidade e Processos Psicossociais”, é orientado pelo psicólogo Angelo Brandelli Costa, conselheiro do CRPRS. A participação na pesquisa é voluntária e anônima e consiste em responder um questionário online, que pode ser acessado aqui.

O objetivo é avaliar as práticas dos profissionais da Psicologia em relação a pacientes LGB e investigar quantitativamente as atitudes corretivas e conversivas na clínica. O estudo é baseado em uma pesquisa original italiana cujo resultado se deu a partir de uma amostra de 3.135 psicólogas/os de um universo de quase 30 mil profissionais registrados.

A evidência levantada no estudo italiano é de que as/os psicólogas/os continuam a aplicar intervenções baseadas em pressupostos patologizantes em relação a orientações não-heterossexuais, apesar de estarem em desencontro com as diretrizes desenvolvidas pela APA e OMS.

A pesquisa desenvolvida na PUCRS amplia a possibilidade de investigar tais características à medida que inclui a investigação de outras variáveis além das apresentadas no modelo original, tais como o nível de preconceito explícito da/o profissional de Psicologia e as abordagens psicoterapêuticas que embasam as intervenções das/os terapeutas. 

A pesquisa tem CAAE 85241618.3.0000.5336 e número de parecer 2.607.061.

 

Busca de notícias:

  • Dia da/o Psicóloga/o 2018
  • 10º Congresso Nacional da Psicologia
  • Encontro Gaúcho da Psicologia
  • O seu terapeuta é psicólogo?
  • Diversidade
  • Sites credenciados para atendimento online