+ - L T

Notícias

Formação

26/11/2018




CFP reafirma contrariedade com ensino de Psicologia 100% a distância  

O Conselho Federal de Psicologia (CFP) enfatiza que, até o presente momento, nenhuma instituição de ensino superior no Brasil está autorizada pelo Ministério da Educação (MEC) a oferecer curso de graduação em Psicologia 100% a distância.

O CFP reafirma seu posicionamento contrário ao ensino 100% a distância. Para o CFP, não é possível ensinar Psicologia de forma impessoal, a distância, sem considerar as interações de quem ensina e de quem aprende, por considerar fundamental uma formação humanitária no encontro com as peculiaridades de cada sujeito, centrada no cuidado ao ser humano.

A modalidade de Educação a Distância (EAD) deve ser adotada com parcimônia, sem considerá-la um substituto da educação básica e da formação superior inicial, pois formar não é apenas oferecer conteúdos teóricos, metodológicos e/ou práticos, mas envolve convivência, debate, acesso a experiências práticas individuais e coletivas, bem como a inúmeras práticas formativas extra-classe.

Juntamente com a Associação Brasileira de Ensino em Psicologia (ABEP), o CFP enfatiza a inadequação da graduação em Psicologia na modalidade 100% a distância, em função da natureza do saber psicológico, da diversidade e da complexidade da constituição da ciência psicológica, bem como do sentido do que deve ser a formação profissional – que representa mais que absorção de conteúdos e aprendizagem de técnicas; implica a construção da identidade profissional, que se realiza no encontro e nas trocas coletivas.

Por isso, O CFP reafirma sua posição contrária à educação 100% a distância na Psicologia e nas demais áreas da saúde.

Fonte: CFP

Busca de notícias:

  • 10º Congresso Nacional da Psicologia
  • Carta de Serviços do CRPRS
  • Dia da/o Psicóloga/o 2018
  • Diversidade
  • O seu terapeuta é psicólogo?
  • Declaração Universal dos Direitos Humanos completa 70 anos