+ - L T

Notícias

Conselho Federal de Psicologia

20/07/2018




Prorrogada pesquisa sobre a atuação da Psicologia na execução penal  

Foi prorrogado para o dia 27 de julho o prazo para o preenchimento do questionário dirigido a profissionais da Psicologia que atuam na execução penal nos poderes Executivo e Judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública, em suas esferas federal e estadual. Lançado pelo grupo de trabalho Psicologia e Sistema Prisional, do Sistema Conselhos de Psicologia, o questionário tem a finalidade de reunir dados sobre os fazeres de profissionais que atuam no sistema, e serão utilizados na elaboração de referências técnicas para atuação de profissionais da área no sistema prisional.

A iniciativa é fruto das ações do colegiado da Assembleia das Políticas da Administração e das Finanças (Apaf) e foi elaborada segundo metodologia do Centro de Referência Técnicas em Psicologia e Políticas Públicas (Crepop).

A participação na pesquisa é voluntária e consiste em responder um questionário on-line, composto por questões fechadas e abertas. As perguntas permitem traçar o perfil sociodemográfico de profissionais da área que atuam na execução penal. Dados pessoais ou quaisquer informações que possam gerar identificação não serão fornecidos em hipótese alguma, assegurando a confidencialidade e a privacidade dos que fizerem parte da pesquisa.

O documento deverá ser respondido individualmente e remetido diretamente ao CFP. É garantido o direito de abandonar a pesquisa a qualquer momento, sem nenhuma penalização ou prejuízo ao sigilo das informações fornecidas.

Acesse o questionário sobre a atuação de profissionais da Psicologia no sistema prisional brasileiro.

Saiba mais

CFP pesquisa atuação da Psicologia na execução penal

 

Fonte: Conselho Federal de Psicologia

Busca de notícias:

  • Dia da/o Psicóloga/o 2018
  • 10º Congresso Nacional da Psicologia
  • Encontro Gaúcho da Psicologia
  • O seu terapeuta é psicólogo?
  • Diversidade
  • Sites credenciados para atendimento online